4 tendências imobiliárias para os próximos anos

4 tendências imobiliárias para os próximos anos

A mais relevante e que vem sendo mais vista é a compra de imóveis em conjunto, onde o
desconto pode chegar a 25% do valor final

Assim como o mundo em que vivemos, o mercado imobiliário está cada vez mais dinâmico. O que era uma verdade absoluta ontem, não é mais hoje e muito menos será amanhã. Para se desenvolver e alcançar o sucesso na área, é essencial que você fique sempre de olho nas tendências imobiliárias para os próximos anos. Confira algumas abaixo e se prepare.

Mudança na estruturação do imóvel

O mercado mobiliário mundial está tendo que se adaptar a uma mudança de comportamento dos consumidores. No caso de escritórios, há uma demanda cada vez menor por imóveis separados em salas, já que muitas empresas apostam no conceito colaborativo, com todas as equipes trabalhando lado a lado e, de preferência, em um espaço sem paredes.

No caso da área industrial, uma tendência é a busca por imóveis com um desenho e com uma localização que atenda aos grandes varejistas que atuem online e que seja privilegiada a logística para que as entregas sejam ainda mais rápidas. No caso do setor residencial, cresce a demanda por imóveis com menos espaço por unidade, mas com áreas comuns maiores, estimulando a integração entre as famílias e as visitas que elas venham a receber.

Busca cada vez maior por qualidade de vida

É cada vez maior o número de pessoas que faz questão de estudar ou trabalhar perto de casa. O reflexo no mercado imobiliário é o crescimento de prédios comerciais em áreas tradicionalmente residenciais.

Além disso, a busca por qualidade de vida torna os condomínios mais atraentes. Eles aliam as vantagens de se morar em uma casa com segurança e praticidade. Muitos deles oferecem infraestrutura, incluindo piscina, quadras, salão de festas, academia e churrasqueira.

Modernização na divulgação

O mundo está cada vez mais digital. O mercado imobiliário não pode ficar para trás. Os profissionais da área que só apostam no bom e velho anúncio de jornal ficam cada vez mais defasados. Com a mudança do perfil do consumidor, uma tendência forte é a necessidade de integração de mídias para conseguir, com sucesso, comprar, vender e alugar propriedades. redes sociais e fortalecimento do mobile são uma realidade.

Nos próximos anos a previsão é que celulares e tablets substituam os notebooks e desktops na preferência dos clientes, então o mercado imobiliário deve se preparar para isso, entrando em sites e investindo em aplicativos que auxiliem o consumidor a acessar o conteúdo de onde estiver.

Fonte: www.imovelweb.com.br